Bombeiro é suspenso por ter atuado em mais de 50 filmes pornôs

Bombeiro é suspenso por ter atuado em mais de 50 filmes pornôs

COMPARTILHAR
O bombeiro que atuava em filmes pornôs fazia parte do Corpo de Bombeiros de Mooka da divisão de Haga

TOCHIGI – Um bombeiro da cidade de Mooka (Tochigi) de 26 anos, foi suspenso durante 6 meses por atuar em filmes pornográficos.
Ele fazia parte do Corpo de Bombeiros de Mooka da divisão de Haga, mas após a notícia da suspensão ele pediu demissão no mesmo dia.

De abril do ano passado até agosto deste ano, o bombeiro havia atuado em 50 a 60 filmes pornôs, e recebeu o pagamento de aproximadamente 900 mil ienes. No dia 4 de setembro, um colega de trabalho encontrou uma amostra do filme em que o bombeiro atuava e ele acabou assumindo.

O bombeiro disse que estava precisando de dinheiro e usava para pagar a devolução de um empréstimo. Achava que poderia ganhar dinheiro extra sem que ninguém soubesse.

Em agosto do ano passado, o colega de trabalho viu o filme e havia perguntado se era o bombeiro devido as características do corpo, mas na época negou. Já em setembro deste ano, o mesmo colega encontrou um filme sem mosaico no rosto e o bombeiro acabou assumindo.

O chefe do Corpo de Bombeiros, Shunichi Inada, pediu desculpas pelo escândalo causado pelo funcionário e disse que pretende tomar as providências necessárias.