Vice-Presidente norte-americano discursa no porta-aviões USS Ronald Reagan em Yokosuka e diz...

Vice-Presidente norte-americano discursa no porta-aviões USS Ronald Reagan em Yokosuka e diz que as espadas estão prontas para ação

O vice-presidente norte americano Mike Pence, no seu segundo e último dia de visita ao Japão, fez um discurso inflamado para militares norte-americanos e japoneses sobre o convés do porta-aviões USS Ronald Reagan, estacionado na base naval de Yokosuka, Kanagawa-ken, no dia 19 de abril último.

O porta-aviões USS Ronald Reagan tem 333 metros de comprimento, 101 mil toneladas e carrega 66 aviões de combate. O seu porto é o de Yokosuka, no Japão

Vestido com uma jaqueta militar verde, Pence se dirigiu a 2.500 militares reunidos sobre o convés do poderoso porta-aviões norte-americano. Ele iniciou o discurso dizendo que sob Presidente Donald Trump, os EUA estão de volta ao caminho da força. “A paz é importante, mas estaremos sempre com o nosso escudo em posição de alerta e a nossa espada pronta para ação”, disse.

Pence disse a Abe que os EUA estão 100% ao lado do povo japonês

Seguindo o mesmo raciocínio do encontro com o primeiro-ministro jaonês Abe no dia anterior, quando disse que os EUA estarão “100% ao lado do povo japonês”, Pence discursou para os seus soldados, reforçando que o “Japão é nosso aliado e os laços que unem os EUA ao Japão estão mais fortes a cada dia que passa”.

Pence foi ovacionado pelos seus soldados

Depois de qualificar a Coréia do Norte como a “ameaça mais perigosa e urgente à paz na Ásia”, continuou: “Nós vamos derrotar qualquer ataque de armas convencionais ou nucleares, de maneira arrasadora e efetiva”, arrancando aplausos dos soldados americanos e japoneses.

“Todas as opções estão na mesa. A história vai atestar que os soldados não carregam as suas espadas em vão”, concluiu.