Jiu Jitsu: Conheça um pouco do veterano e das duas estreantes no...

Jiu Jitsu: Conheça um pouco do veterano e das duas estreantes no Europeu 2017

COMPARTILHAR

Dalva, Gisele, Luana, Milena, Aline e Daya

Crédito fotos – Arquivo Pessoal – Fighters Life In Japan

Conversei com Yoski Suto veterano em europeus com 2 títulos e 2 terceiros e as estreantes Dalva Batista Imamura e Luana Hikari Dias adolescentes que tiveram sua glória no Europeu 2017.

Yoski Suto – Impacto Japan Bjj

37 anos 20 de Jiu Jitsu

Comecei a treinar jiu jitsu em dezembro de 1998, sou faixa preta terceiro dan com 9 anos de faixa preta, dou aula desde a faixa azul por volta de 2002.

Porque jiu jitsu ?

Eu sou viciado em jiu jitsu !!! Porque faz muito bem para mente e corpo ! Depois de um treino me sinto renovado !!! No meu caso eu não faço preparação para grandes eventos ! Treino normal com meus alunos no dia dia !!! Então estou sempre preparado !!!

Qual a principal dificuldade que vocês encontram nessas horas de participar de grandes eventos como o Europeu 2017 ?

À principal dificuldade é financeira como sempre, para esse europeu eu paguei do meu bolso a passagem e inscrição, meus alunos fizeram rifas para ajudar nas despesas e eu acabei que não fiz rifas porque eles já estavam fazendo, eu tenho patrocinador de suplementos e material para uso próprio só ! Ajuda em dinheiro nada !!!

O que se passa na cabeça de que está na final do Europeu ?

Quando cheguei na final , eu só pedi a Deus o que eu sempre peço, fazer uma boa luta , sem agravar e nem ter lesões !

O que você sentiu quando venceu a primeira vez o Europeu ? (Detalhe este é o Bi Campeonato de Yoski Suto).

É uma sensação única e inexplicável, vc quer gritar e pular de alegria, de um desejo realizado , para mim não é nenhum sacrifício, eu faço jiu jitsu por prazer e gosto muito de competição para me testar e por em pratica minhas posições, sem competição não tem graça !

Dalva Imamura Batista – Tree Bjj

15 anos 4 de Jiu Jitsu

Comecei o jiu jitsu por que minha irmã estava treinando, na época eu fazia só o karatê, vi alguns treinos de jiu jitsu e me interessei e comecei a treinar. Nós deixamos de sair nos feriados para treinar, saio da escola e vou direto para o treino do treino direto para casa mas foi a vida que escolhi. A falta de patrocínio financeiro é uma dificuldade, o jiu jitsu no Japão não é tão reconhecido, todas a passagem sai do bolso dos meus pais e da minha irmã, então é muito complicado por que eles tiram da despesa da nossa casa para realizar meus sonhos.

Como você se sentiu pisando pela primeira vez no Europeu ?

Foi uma sensação inexplicável, estava um pouco nervosa por que era a minha estreita no juvenil como faixa azul, mas ao mesmo tempo estava tranquila por que minha irmã estava ao meu lado. Eu fiquei com medo no absoluto por que simplesmente fiquei com medo do nome da academia da pessoa (AOJ – Art Of Jiu Jitsu ) esse foi o meu único momento que eu fiquei com medo.

O que se passa na cabeça de que está na final do Europeu ?

É uma coisa que estava tão perto mais tão longe de conquistar, é uma sensação que parece que você esta em um sonho, uma coisa que eu nunca esperava. Sinceramente essa vitória não foi para mim e sim para minha irmã que sempre está fazendo de tudo por mim, claro q essa vitória significou muito para mim, eu fiquei muito feliz só que eu ganhei pela minha irmã.

Valeu o esforço e sacrifício ?

Valeu todo o sacrifício que fizemos com certeza.

Luana Hikari Dias – Tokai Bjj

16 anos 5 de Jiu Jitsu

Jiu Jitsu me faz feliz, me sinto bem treinando…

Você deixa de fazer muita coisa para a prepação de grandes eventos ?

Sim! Deixamos de sair, deixamos as vezes de sair com nossa família para treinar! Nosso compromisso é só com os treinos! A principal dificuldade é financeira, meu pai e minha mãe, trabalham em fábrica, meu pai faz arubaitos de final de semana para poder pagar as despesas! Eles deixam suas vidas de lado para poder me dar chance de competir!

Como você se sentiu pisando pela primeira vez no Europeu?

Quando pisei no europeu me senti realizada!!! Até então só tinha visto em fotos! Quando entrei para lutar pensei: agora é real! Estou aqui! Consegui! Uma mistura de euforia, medo, alegria tudo de uma vez só ! A famosa dor de barriga, tudo aconteceu quando pisei lá!

O que se passa na cabeça de que está na final do Europeu ?

Na final do europeu passou pela minha cabeça… Cheguei até aqui, agora vou com tudo!lembrei de todos os treinos que fiz, treinei todos os dias no feriado, de manhã e de noite, não faltei a nenhum treino! Estou mais que preparada, paguei o preço é vou vencer! Blindei minha mente e fui! Confesso que antes de entrar estava com medo! Mas depois que faço a primeira pegada já era! É sentimento de instinto! Se não fazer nada me ferro, então eu que tenho que impor o ritmo! E deu certo!!!

Valeu o Sacrifício ?

com certeza valeu todo o sacrifício!!! Que para nós não é tão sacrifício! Pois apenas fiz o que mais gosto! Na parte financeira sim, foi um sacrifício, passagem, hotel, comida, locomoção, vai muito dinheiro…