Japoneses e a incrível habilidade de cochilar

Japoneses e a incrível habilidade de cochilar

Na maioria dos países, dormir durante o trabalho pode pegar muito mal. Certo? Mas qual o limite da famosa “pescadinha” segundos de sono, para o cochilo?

Acredite no Japão, cochilar no escritório é comum e culturalmente aceito. Na verdade, muitas vezes é visto como um sinal sutil de diligência: Sendo um sinal da exaustão de trabalho.

A palavra para tal sutileza é “inemuri”. É freqüentemente traduzida como “dormindo no dever”, mas a Dra. Brigitte Steger, professora de estudos japoneses no Downing College, em Cambridge, escreveu um livro sobre o assunto, e diz que seria mais preciso interpretá-lo como “estar ausente mesmo estando presente”.

O Japão vem sendo duramente criticado por permitir que empresas levem os funcionários até o limite da exaustão. Mas o”inemuri” é uma leve cochilada de 1 a 3 minutos e costuma ser tolerado desde que não seja com frequência.

Segundo a Dra. Brigitte Steger, os japoneses desenvolveram uma tremenda habilidade de se ausentar mesmo estando presente, isso é visto nos transportes público com frequência, em poucos minutos já estão cochilando mesmo quando estão em pé.