EDUCAÇÃO EM 1º LUGAR

EDUCAÇÃO EM 1º LUGAR

Brasil cai em ranking mundial de educação em ciências, leitura e matemática, conforme anunciou o G1 (http://g1.globo.com/educacao/noticia/brasil-cai-em-ranking-mundial-de-educacao-em-ciencias-leitura-e-matematica.ghtml). Mas, apesar de ser uma realidade acredito que podemos melhorar nossa posição nesse ranking se colocarmos a educação em 1º lugar na nossa lista de prioridades.

Assim, é válido perguntar ao leitor: “A educação realmente ocupa essa posição, a primeira, na sua lista de prioridades? ”. Se a sua resposta é não, como sugestão, melhor revisar suas prioridades. Qual o motivo? Se preparar para quando aparecer uma oportunidade que possa lhe trazer satisfação pessoal ou ganho financeiro, seja ela negócio, emprego, ou qualquer outra, você esteja pronto para abraçá-la.

Ao contrário do que possa parecer, mesmo estando aqui no Japão, enfrentando todas as dificuldades impostas pela cultura, pelo idioma, entre outras, é possível, com muito esforço, dar continuidade aos estudos, seja aprendendo o idioma, seja adquirindo uma licença profissional ou mesmo finalizando o ensino fundamental ou o ensino médio, podendo, inclusive, realizar um curso universitário. Todas essas opções existem e estão disponíveis para todos aqueles que desejam explorar o próprio potencial.

Observo, posso estar equivocado, que para uma maioria, principalmente dos jovens, a conclusão do ensino médio encerra sua trajetória na busca por conhecimento, ou seja, não é mais necessário estudar. O que você observa?

Esse é um fato que deve ser observado com muita atenção, pois o término do ensino médio não pode dar início somente ao ingresso do jovem no mercado de trabalho, mas, também, possibilitar seu ingresso na faculdade.

Assim, é possível compreender que a educação está disponível para todos, independente, principalmente, de idade. Porém, é necessário comentar que o apoio familiar é de extrema importância para que o pai, a mãe ou o filho consiga dar continuidade aos estudos.

Esse primeiro contato é tão somente para reflexão e ponderação sobre a importância de a educação precisar ocupar o 1º lugar na lista de nossas prioridades. Minha intenção é mostrar as opções de continuidade dos estudos que temos disponíveis aqui no Japão, relatar casos de sucesso, entrevistas e quem sabe contribuir para que você possa se dar a oportunidade de continuar explorando seu potencial.