A mesada dos maridos está no nível mais baixo enquanto que as...

A mesada dos maridos está no nível mais baixo enquanto que as esposas comem os almoços mais caros

A Companhia de Seguros Meiji Yasuda Seimei divulgou no dia 18 de maio último, o resultado da pesquisa que ela faz anualmente sobre orçamento familiar, e em especial, sobre “mesadas” dos casais.

No Japão, o sistema dominante entre os casais, é a esposa receber todo o salário do marido para administrar. E é ela que “dá uma mesada” ao marido baseado num rigoroso controle do orçamento familiar. Mesada (ou “okozukai”, em japonês) é o dinheiro que ele pode gastar livremente, sem ter que prestar contas, ou colocar em risco o orçamento familiar.

Os maridos estão ganhando as mesadas mais baixas da história enquanto que as esposas estão comendo os almoços mais caros da história

A pesquisa revelou que as mesadas dos casados estão no nível mais baixo da história desde que a companhia seguradora começou a fazer este tipo de pesquisa em 2007.
A mesada média de cada membro do casal está em 25.5082 ienes, ou  4.421 ienes a menos que na pesquisa do ano anterior. Isto reflete o fato de as empresas não estarem dando aumentos salariais suficientes para cobrir o aumento do custo de vida, principalmente dos produtos necessários no dia-a-dia.

Se analisado separadamente para maridos e mulheres, a mesada das esposas ficou reduzida em 5.632 ienes em relação ao ano anterior e a média é atualmente de 18.424 ienes.
A mesada média dos maridos, por sua vez, teve uma redução de 3.186 ienes e está atualmente em 31.764 ienes.

No entanto, o valor médio do que os maridos gastam com almoço está no mesmo nível do ano anterior e é de 704 ienes por dia. Enquanto que as esposas estão gastando cada vez mais no almoço e atualmente está no nível mais alto desde que se começou a se fazer este tipo de pesquisa e está numa média de 1.204 ienes, ou 1,7 vezes o que os maridos podem gastar no almoço.